A origen dos carnavais

Origem do carnaval

Atualmente, a festa de carnaval é realizado em 3 ou 4 dias antes da quarta-feira de cinzas, que começa a Quaresma cristã. Estas festas antecedem a um tempo de recolhimento e jejum.

As origens do carnaval, de acordo com alguns historiadores, podem ser atribuídas ao tempo dos egípcios e sumérios há uns 5000 anos atrás.

Mas certamente, as celebrações que mais podem ter influido são as dos romanos no auge do Império, quando em honra do deus Baco, o deus do vinho, as pessoas estavam durante dias numa festa  que eles compartilhavam con igualdade junto aos escravos, coisa que só acontecía durante esta celebração.

carnaval1

Com a chegada dos europeus à América, no século XV, a festa de carnaval entrou no novo continente.

Apesar de ser uma festa muito típica e antiga na velha Europa cristã, tem suas origens como a maioria das festividades em antigas tradições pagãs.

O Carnaval cristão

A origem latina da palavra carnaval vem de "carnelevarium", referindo-se ao fato da retirada da carne, algo relacionado com a proibição do consumo de carne na Quaresma cristã.

Durante a Idade Média, apesar de estar muito enraizados os costumes cristãos e de perseguirem aqueles que não seguiam a tradição, a festa de carnaval teve seu auge, porque era uma maneira de se preparar para os dias de jejum que se aproximavam. 

Hoje em dia

Em nossos tempos, as festas de Carnaval foram completamente separadas de qualquer sentido religioso, apesar de continuar sendo celebrada antes da Quaresma. Embora existam alguns lugares onde se celebra ao término da Epifania, no día 6 de janeiro, em outros lugares como a Alemanha, começam no dia 11 às 11 e 11 minutos.

Há países como o Brasil, onde o carnaval é o autêntico acontecimento  imprescindível do ano, e onde a preparação e duração da festa se prolongam durante mais de um fim de semana.

carnaval2

Há locais onde o carnaval é famoso e atrai um público interessado em saber como é que se comemora e disfruta de días com os costumes da cidade, hoje em dia podiam ser: o Carnaval do Rio, o de Santa Cruz de Tenerife, o de Veneza, e também é muito típico em nosso país o carnaval de Cádiz , longe da pomposidade de outros como os das ilhas, mas com o charme da simplicidade e a imaginação dos participantes. Sem esquecer das Chirigotas que sempre retratam com ironia e muito humor as questões atuais durante o último ano, nas letras de suas composições.

É comemorado em diferentes lugares de formas parecidas, porque sempre fazem desfiles de carroças, grupos formados por músicos ou bailarinos vestidos com o mesmo estilo que caracteriza a cada um deles, e também os bailes a fantasia.

Denunciar conteúdo

Tem algo a dizer? Esse é seu momento.

Se quer receber notificações de todos os novos comentários, deve entrar no Beevoz com o seu utilizador. Para isso deve estar registado.