São Valentim: a origem do dia dos namorados na Europa

3Recompensas
×1

É verdade que ele foi criado pela Corte Inglesa? Aqui descobrimos que o dia de São Valentin remonta a época do Império Romano

Para aqueles que acreditam que o Dia dos Namorados é uma comemoração recente criada pelos comerciantes para lucrar mais, saiba que essa data remonta da época do Império Romano. No ano de 270 d.C. até o início do século III exercia em Roma um sacerdote chamado São Valentim. Naquela época o imperador Claudio II proibiu que os jovens se casassem e vivessem em matrimônio: ele pensava que jovens solteiros e sem família eram melhores soldados já que não tinham nenhum compromisso além da guerra. Ele também havia proibido o cristianismo porque desejava ser visto como um deus supremo, como imperador de Roma.

O sacerdote acreditava que esse era um decreto injusto e, por isso, começou a casar os casais apaixonados sem que o imperador soubesse, embaixo de uma igreja. Assim que o imperador Cláudio II descobriu, pediu que levassem o sacerdote até ele. Pediu para que o sacerdote abandonasse o cristianismo e começasse a trabalhar para ele, porque assim ele esqueceria os crimes cometidos. No entanto, São Valentim não desistiu da religião e ainda aproveitou a oportunidade para pregar os ideias do cristianismo.

san_valentin

O exército convenceu o imperador a prender o sacerdote e executá-lo. Enquanto estava preso, o carcereiro desafiou São Valentim que ensinasse a sua filha, cega de nascença, a ler e escrever. O sacerdote conseguiu isso e, como recompensa, o carcereiro iria libertá-lo. Porém, uma rebelião aconteceu e, antes do esperado, São Valentim foi executado, no dia 14 de fevereiro. Segundo a lenda, foi plantada uma amendoeira em sua tumba, árvore que hoje em dia símbolo do amor e amizade verdadeira.

Os restos mortais dele estão na basílica com o seu nome na cidade italiana de Terni. No dia 14 de fevereiro de todos os anos é celebrado um festival para São Valentim em nome do amor, e é frequentado por casais que desejam renovar os votos.

Dizem que a data de São Valentim, na verdade, só substituiu um evento da cultura pagã, ainda mais antigo. Era uma celebração em homenagem ao deus romano Lupercus, o deus da fertilidade. Em fevereiro, os pagões se reuniam em uma gruta chamada Lupercal. Ali se sacrificavam animais, e os jovens se vestiam com as peles desses bichos e, desse jeito, iam para as cidades para ter relações com as mulheres e gerar filhos. Até o ano de 496, essa data era considerada uma celebração pagã, até que Papa Gelasio nomeou esse dia como o dia de São Valentim.

Durante os séculos XVII e XVIII, principalmente na Inglaterra e na França, começaram a surgir os costumes populares associados ao dia dos namorados, como as trocas de cartas de amor e presentes. Os norte-americanos adotaram o costume no século XVIII, e em 1840, Esther A. Howland começou a vender os primeiros cartões postais voltados para o dia de São Valentim.

Denunciar conteúdo

Tem algo a dizer? Esse é seu momento.

Se quer receber notificações de todos os novos comentários, deve entrar no Beevoz com o seu utilizador. Para isso deve estar registado.