Mais um passo

7Recompensas

Qual a garantia do direito, em quem confiar à nossa Carta Magna; O detentor de qual direito e para quem e, este direito.

A conjuntura atual de retrocesso a nível nacional em todas as esferas do poder, na atualidade, as quais vivenciamos, atos, os quais nos fizeram retroceder no tempo. Como uma maquina do tempo, de volta ao passado, em uma data próximo á 1920. Com toda a falta de legitimidade de um ser que buscando seus próprios interesses, não dando a mínima para o que e certo; ética, respeito, direitos à quem de fato, detém os direitos. Poderes interlaçados, em seus próprios interesses, de mãos dadas com o que é, do mais baixo calão. Visando à maquina, para se proteger de todo o tipo de iniquidade coletiva e individual. Usando, de todo tipo do que e mais repugnante, do ser humano. O estado de inercia de todos os poderes. Os quais se unificaram, em prol da defesa do que e contrario à moral e a dignidade. Que buscam somente à parte escura da historia. Na contramão do bom senso. Tornando o negativo, em estado de degradação total, deste segmento. De volta ao passado, com um retrocesso, de milhares de anos. Se esquecendo, que, nada e pra sempre? Cada dia e diferente do anterior, com seus minutos iguais, mas usados de forma má, pelos homens maus. Portanto já e chegada a hora de vencer a inercia, parando este processo de retrocesso, de volta para o século XVIII. Colocando ordem na casa, ´à qual esta sem mando. Devolvendo o comando. À quem e de direito de fato. Para que a Ordem e a Decência, se torne habito de uma nova classe, que surgira em breve. Vencendo todas as coisas velhas, que estão ai. As quais introduziram mazelas, que foram sendo aceitas, pelas velhas raposas, que fizeram destas mazelas, um habitat natural, em que muitos velhos, tornaram se, íntimos e amigos, das tais mazelas. Desta forma, somente um choque cultural dos jovens, deste belo país. Para vencer este estado atual, estático, para dar um rumo, à esta situação atual, de descaso e falta de tudo. Apenas, a força dos jovens de bom senso, contra as falcatruas, das velhas raposas. O bem, sempre venceu o mal.

Denunciar conteúdo

Tem algo a dizer? Esse é seu momento.

Se quer receber notificações de todos os novos comentários, deve entrar no Beevoz com o seu utilizador. Para isso deve estar registado.